Abra sua mente e analise matematicamente!

Eu fico surpreso com este papo de políticos no plenário e dos meros mortais argumentar que o Brasil precisa ser assistencialista devido aos mais pobres, trabalhadores, aposentados, mulheres. O povo brasileiro precisa parar e pensar todos estão anestesiados e não analisam o obvio.

Abra sua mente e analise matematicamente, todos irão ficar idosos, pobres, sem serviço, sem casa, sem bens !

Uma matemática exata na relação consumo e retornos, muitos falam, gritam, batem e o povo brasileiro gosta de um barraco e são facilmente manipulados e desviados do foco principal. Precisamos entender que não existe nenhuma ação efetiva do governo e de representantes sobre a saída de uma crise ou desenvolvimento do país, observamos pela estirpe dos 3 poderes que temos um congresso enterrado na lama de corrupção que foram eleitos através de dinheiro sujo, um presidente no executivo que entrou pela janela em uma eleição de dinheiro sujo e um judiciário que é indicado e sabatinado pelos dois.

Como você deseja que realmente o país de certo?

Segundo o IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação) temos uma estimativa que 44% de todo o rendimento que os brasileiros ganham é destinado a impostos. Quando observo pessoas reclamarem das alterações da CLT e Previdência  fico pensando, como o povo brasileiro é ignorante e preguiçoso para pensar.

Toda esta arrecadação de 44% que o governo consegue diariamente, estima-se que 50% é relativo ao que o brasileiro COMPRA, na média mundial é de apenas 25% sobre o que se compra. Quando você cobra menos impostos pela compra, faz a economia girar, consequentemente toda a cadeia de desenvolvimento e produto.

Se estamos em crise e não se compram produtos?

Os gastos são os mesmos do Estado e se o brasileiro não compra, ele não paga imposto e consequentemente o governo precisa tirar dinheiro de outro lugar então aumenta-se impostos sobre o que temos.

Lula abriu para o povo comprar, certo?

O país cresceu na linha de credito, mas em nenhum momento reduziu-se o estado ou os impostos. Claro que uma hora a conta chega e com altos juros.

Quando o governo determina um salário mínimo ao país, indiretamente o governo determina um INDICADOR de controle sobre a população que vai gerar a receita de impostos. Com isto, ele tem uma previsão de receita MÍNIMA para pagar suas despesas.

Se as vagas reduzem ou acaba?  Seus gastos precisam ser revistos, quando você tem um grande programa de atendimento publico e a população já está acostumada. O que precisa fazer? Cortar ou aumentar sobre as pessoas que estão no mercado e sobre a compra. Não existe mágica!

Se você analisar que o salário mínimo é R$ 937,00, temos uma destinação para o governo de R$ 412,28 de impostos que o trabalhador paga.

Se você analisar por hora R$ 937,00 em 176 horas mês o valor por hora R$ 5,32 sem o estado e com o estado R$ 2,97. Este é o seu poder de compra, por dia R$ 23,76 para fazer tudo luz, água, telefone, alimentação, vestuário, etc.

TUDO !

Onde vai o seu dinheiro em impostos?

Saúde, Educação, Segurança, Festas Públicas, Tecnologia, Medicamentos, Ciência e Salário dos Funcionários Públicos, corrupção, péssimos gestores, etc.

Se você com R$ 524,72 por mês estando com seu dinheiro na mão não consegue ter todas as necessidades básicas de sobrevivência, como você deseja que o governo com R$ 412,28 por mês com toda a estrutura cara, logística, funcionários com altíssimos salários te atendam ?

Precisamos entender que quanto maior o Estado, maior os gastos públicos, você precisa de cada vez mais impostos para manter todos os gastos que o governo não gerencia, todos os péssimos serviços que o governo te oferece.

Com isto, o estado é um canalizador de recurso que pega de um lado os impostos do povo e direciona para os seus interesses.

O estado não produz riqueza, mas o estado é dono da Petrobrás que dá lucro ! A Petrobras não caiu dinheiro do céu para ser fundada, construir plataformas, perfurar poços. Retira-se dinheiro do povo e canaliza para a expansão, aquisições, exploração e se a empresa tiver prejuízo você que vai cobrir é do Estado. O mesmo com TODAS as empresas estatais, são empresas que não tem gestão e nunca seus serviços ficam mais barato que as empresas privadas.

Já verificaram quantos precatórios e indenizações temos que pagar ? Afinal, justiça do trabalho serve para funcionário publico que é seu funcionário.

Se você analisar no Brasil temos 151 dias para pagar impostos do ano, já em países que o estado oferece menos serviços públicos como os EUA são 98 dias. Quanto maior o país em extensão territorial e número de habitantes se o estado for grande é proporcionalmente a corrupção de desperdício de recursos públicos.

Somos o país com um dos piores retornos de impostos para o seu cidadão em contrapartida um dos que mais cobram impostos, tem algo de errado?

Sim, nós brasileiros que desejamos que o Estado continue nos protegendo achando que é tudo de graça.

Quanto mais exigimos do estado através de nossos representantes, eles discursam com uma pauta de interesse pessoal com o poder para aumentar o estado, como ouvimos recentemente “SOMOS SUPREMOS ! ” . Quanto maior o Estado, maior será o volume que pagaremos e será desviado de nós.

Se você esperar que os gestores públicos façam redução de um estado gigante pare de pedir a proteção do estado sobre tudo e saia para negociação direta, a perda de poder dos políticos sobre nós irá fazer perderem o sentido de existir e devemos cobrar o fim dos impostos de contrapartida.

Quem vai acabar com o Grande Supremo Estado?

Nós que sustentamos o ESTADO PAI !

About the Author

Alexandre Machado
Natural de uma pequena cidade Catarinense, residente em Araraquara-SP. Empresário, empreendedor desde os 17 anos, consultor de empresas que desejam alterar processos e implantar soluções de alta performance em diversos segmentos da economia. Com formação em estatística e tecnologia da informação com experiência de 25 anos, conhecedor de todos os estados brasileiros de suas grandes capitais até o interior, com experiencia em missões empresariais no exterior realizando transferência de tecnologia e conhecimento, sou especialista em saúde pública e privada. Fui professor de matemática financeira formando profissionais nas áreas de contabilidade, administração e processamento de dados. Ativo no 3o. Setor em Instituições Filantrópicas e um olhar diferente para fazer política em nosso país. Fundador e vice-presidente voluntário do ITEC (Instituto de Tecnologia de Araraquara) responsável pela criação e fomentar mão de obra na área através de eventos chamado Biz Games, palestras nas Universidades e aproximação entre as empresas e instituições de educação pública e privada Fui diretor de divulgação, Presidente e Vice Presidente voluntário da Sociedade Beneficente Escola do Mestre Jesus mantenedora do Centro de Convivência Social Maria Velho Temponi que atende 80 crianças no bairro Jardim das Hortênsias em Araraquara. Fui conselheiro do COMCRIAR – Conselho da Criança e Adolescente de Araraquara (CMDCA) defendendo políticas públicas e um mapeamento das crianças e adolescente da cidade. Atualmente desenvolvemos o canal de youtube BRFoco, site BRFoco e Grupo do Facebook BRFoco com objetivo de esclarecer, informar, trazer reflexão e educação para a sociedade livre. Filiado ao partido 30 NOVO, voltado para ideias em que o cidadão é o único gerador de riquezas e que precisamos de um Estado menor focado em educação básica, Saúde e segurança. "Se todo o homem tem a liberdade de fazer o que desejar,desde que não infrinja a igual liberdade de qualquer outro homem, então ele é livre para abandonar ligações com o estado - para recusar sua proteção e para se negar a custear seu suporte." Spencer

Be the first to comment on "Abra sua mente e analise matematicamente!"

Deixe uma resposta