Educação, aprender com outros países é acreditar que somos capazes !

Finlândia não existe lição de casa o que sobrecarregam no Brasil e serve para os pais fazerem que os filhos não têm condições e conhecimento para exercerem.

As atividades domesticas em vez de falarem que somos um país machista e gastarem energia aos 4 cantos em redes sociais e mídias deveríamos focar em uma educação mais eficiente, deixar de lado as exigências do estado sobre trabalhos e atividades sem EPI determinadas pelo governo com regras, estamos criando gerações de preguiçosos com regras inúteis alegando tintas são toxicas, perigos de acidentes, o pó penetra nos pulmões, etc. Quando era presidente de instituição filantrópica com crianças não podia construir nenhuma oficina, pois as exigências do estado e regras impossibilitavam de ensinar as crianças a importância de ser produtivo neste país.

Será que o Estado não é o maior inimigo da Sociedade por desejar mais os interesses pessoais que a melhoria na Educação Brasileira? Na Finlândia, não existe padrões de educação como são exigidos pelo MEC no Brasil, não possuem escolas privadas.

Os cursos técnicos são valorizados e focado, a educação é individualizada trazendo a visualização do material para o abstrato, o maior problema no Brasil é termos muitos PHD, Mestres e Doutores desejando enfeitar e criar fórmulas mágicas em sua maioria com ego inflado e querendo desenvolver técnicas utópicas.

Os livros na Finlândia são os mesmo a anos e nenhum aluno reclama de utilizar o livro que outro aluno usou no ano anterior, não existem editoras subsidiadas ou patrocinadas pelo governo para ganharem licitações e pagarem propinas para a educação, as escolas são independentes e de mesmo nível entre grandes centros e bairros, os professores possuem metas e são avaliados constantemente não existe sindicatos ou estabilidade de emprego.

Se não focarmos na educação, nosso país não chegará a nenhum lugar. A exigência de um pacto entre sociedade e professores que sejam independentes do governo e livres para limpar os péssimos profissionais existentes no setor e os que ficarem serem remunerados pelas metas e condições de serviço acabando com a estabilidade de emprego e executado seu trabalho sem depender de regras pré estabelecida pelo Estado, mas pelas necessidades individuais da sociedade. Por este motivo no meu ponto de vista a Educação deveria ser municipalizada e totalmente independente, sendo administrada com gestão por conselhos entre Pais, Professores e Alunos.

As crianças não recebem provas nos primeiros 6 anos de escola com um sistema baseado em desenvolver as crianças a terem interesse pelos estudos é o segundo país que melhor fala o inglês fora dos países que tem o idioma como padrão seus habitantes são poliglotas sendo que cada habitante fala no mínimo mais de 3 linguás.

About the Author

Alexandre Machado
Natural de uma pequena cidade Catarinense, residente em Araraquara-SP. Empresário, empreendedor desde os 17 anos, consultor de empresas que desejam alterar processos e implantar soluções de alta performance em diversos segmentos da economia. Com formação em estatística e tecnologia da informação com experiência de 25 anos, conhecedor de todos os estados brasileiros de suas grandes capitais até o interior, com experiencia em missões empresariais no exterior realizando transferência de tecnologia e conhecimento, sou especialista em saúde pública e privada. Fui professor de matemática financeira formando profissionais nas áreas de contabilidade, administração e processamento de dados. Ativo no 3o. Setor em Instituições Filantrópicas e um olhar diferente para fazer política em nosso país. Fundador e vice-presidente voluntário do ITEC (Instituto de Tecnologia de Araraquara) responsável pela criação e fomentar mão de obra na área através de eventos chamado Biz Games, palestras nas Universidades e aproximação entre as empresas e instituições de educação pública e privada Fui diretor de divulgação, Presidente e Vice Presidente voluntário da Sociedade Beneficente Escola do Mestre Jesus mantenedora do Centro de Convivência Social Maria Velho Temponi que atende 80 crianças no bairro Jardim das Hortênsias em Araraquara. Fui conselheiro do COMCRIAR – Conselho da Criança e Adolescente de Araraquara (CMDCA) defendendo políticas públicas e um mapeamento das crianças e adolescente da cidade. Atualmente desenvolvemos o canal de youtube BRFoco, site BRFoco e Grupo do Facebook BRFoco com objetivo de esclarecer, informar, trazer reflexão e educação para a sociedade livre. Filiado ao partido 30 NOVO, voltado para ideias em que o cidadão é o único gerador de riquezas e que precisamos de um Estado menor focado em educação básica, Saúde e segurança. "Se todo o homem tem a liberdade de fazer o que desejar,desde que não infrinja a igual liberdade de qualquer outro homem, então ele é livre para abandonar ligações com o estado - para recusar sua proteção e para se negar a custear seu suporte." Spencer

Be the first to comment on "Educação, aprender com outros países é acreditar que somos capazes !"

Deixe uma resposta